maio 29, 2005

"Ame-se ou odeie-se...
...Mas que seja algo mais
que mera indiferença"


A Páginas Tantas... um blog também para dar voz a outras "crónicas"...

"(...) Imagino de tudo um pouco para convencer de "a" a "z". Simulo realidades, retoco imagens e mentiras. Um pintor não inventa paisagens que não existem? Uso a mesma paleta de cores. Escolho-as perante um cliente, um "target", um "budget".
É a arte misturada com um almoço ou um jantar à pressa, com uma directa ou com o silêncio da noite. As minhas telas começam em ecrãs de dezassete polegadas e entranham-se pelo hardware dos computadores que utilizo. Vejo-as depois, impressas, por aí, nas mãos de seres anónimos que não me conhecem. Porque nem todos os publicitários aparecem em ecrãs de televisão ou em crónicas de revistas.
Procuro nas novas tecnologias, por vezes, breves instantes de paragem no tempo como quando observo um filtro novo, tantas vezes inútil, mas belo, para o Photoshop. Mas os publicitários não se fazem com filtros, fazem-se com a alma, com a intensidade com que criam ou transformam conceitos em sensações.(...)"
extracto de "Um projecto é para toda a vida..." Raquel Vasconcelos in, iClub.www.com.pt

4 comentários:

amok_she disse...

Não entendo pq perdes tempo com pirralhas...por mais q te esforces, qd a ignorância impera, dá raia...;-)

amok_she disse...

Não será própriamente um refelxo da nossa sociedade, mas q o é duma parcela da nossa juventude, lá isso ñ tenhamos dúvidas...pq é!!!:->

Carlos Barros disse...

tudo vale a pena... mesmo que seja um mero suspiro... porque não.!

Tão só, um pai disse...

Raquel,

Beijinho de muito bom dia.
Existem interacções de onde pouco se retira. Enfim, "cenas". A proposta da Amok é, de momento, a mais razoável. Há mais em que empregar o tempo.