junho 01, 2005

Magia

Um raio de luz atravessa todas as tonalidades
de verde
que ladeiam os caminhos mágicos
até ao cume da Serra de Sintra...
Invade fracções de vazio, preenchendo-os
...

Espaços vazios neste meu reino encantado? Não...
Sei que esse raio de luz pertence à Serra...


Estendo a mão ao vento e ao raio de luz
para que me trespasse devagar,
a cada segundo de vida que alcanço.

E rodopio. A minha mente afasta-se do presente.
Sinto paz. Nem que fosse noite eu respiraria menos.
Nem que fosse no maior desespero eu me sentiria só.
Aqui, no meu refúgio mágico perco-me, invento-me.
Até quando no âmago de mim mesma me dói tanto que me parece impossível que o dia renasça... Ressurjo.

20 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Ana
A serra de Sintra tem algo de mágico, como por exemplo o nosso único palácio estilo Bela Adormecida... pudera, estás por lá?
Um beijo
Daniel

Mitsou disse...

Aninhas, belíssimo texto, amiga! Ah,a serra de Sintra....!Beijocas de boa noite e desculpa-me a ausência mas palpita-me que está para durar :(

Mauro disse...

gostei... mas sou suspeito, adoro a natureza. =)

axo que vou voltar*

Raquel V. disse...

Daniel
um tudo nada "off the record", um tudo nada por aí...
É um palácio de encantar... sem dúvida... num local especial que só quem muito ama pode apreciar e entender plenamente...
Beijo


Mi
:/ tijolo malvado! Burocracia malvada! Obrigada pelas palavras queridas de sempre... Beijo


Mauro
Embora nem sp por aqui impere a natureza... pelo menos a natureza humana sim :)

Tão só, um pai disse...

Raquel,
Tremo de sentimentos que desconheço, quando leio este texto. Beijinho de um bom dia, e que os raiso de sol penetrem as copas das árvores, para te envolverem num doce acordar.

AS disse...

Raquel, a magia da Serra de Sintra provoca sensações únicas! Mas de todo este belissimo texto, há uma palavra que foi tocada de forma especial por esse raio de luz e permanece com um brilho mais intenso... "Ressurjo"... eu sorri!...

Um beijinho

JMTeles da Silva disse...

Sintra, em Inglês, Sinter, em Francês, Citroën. Lá em cima está a Pena, está lá sempre, é permanente e foi com ela que Camões escreveu os Lusíadas.
Autor anónimo.

RC disse...

O encanto de Sintra é infinito. Chegarmos cedo, saltarmos um muro e embrenharmo-nos pela mata, subindo até ao Castelo. Entrar lá por um buraco na rocha e ver os Turistas de boca aberta a pensar "De onde vieram estes malucos?" (cada um na sua língua).

Entretanto lá vamos comendo umas sandes e entrando no parque. Podemos passar pelo Homem de Ferro, pela Cruz Alta ou pelo Palácio da Pena sabendo sempre que, no final do dia e quando a humidade já começa a entranhar-se nos ossos, nos espera um travesseiro da Piriquita.

Sintra e Arrábida, duas serras onde o melhor do Mar e da Terra se tocam.

Enfim, Portugal é tão belo!

Beijinhos

Eva Lima disse...

Texto lindo o teu. Sentido. Amado.

Também tenho um sítio assim, ou melhor dois: um serra/rio - o meu rio Paiva, num cantinho especial e outro urbano - Praga a cidade velha.

Beijinhos

Fernando B. disse...


Ainda bem Amiguinha que visualizo no teu belo texto um encontro contigo própria.

Continua assim. Eu cá estarei para torcer por ti.

Muito obrigado pelo apoio na divulgação do Jantar de aniversario do Fraternidade.

Beijocas,

H. disse...

todos os dias morremos e renascemos. é um bailado (quase) sem fim.
e a magia está lá (está cá), sempre!

**

Raquel V. disse...

T, Frog e Fernando
Este texto surgiu de uma vontade de passar as sensações que tenho naquele "reino encantado" a alguém... tentar passar-lhe um sorriso... Beijinhos
PS
(Fernando, de nada Amigo)


sô Teles... ai... ai...
a tua sorte é que o que dizes... faz até muito sentido!
(mui bien o "autor desconhecido") ;) jokas


Rodrigues C
Sintra é maravilhosa, e se se passaram por lá horas e horas de férias, infância, passado e presente... fica mais ainda cá dentro... Beijinho
PS:
estou perto da Arrábida e um dia destes, ao passar por lá, pude quase sentir que podia fazer de conta que estava de novo do lado do rio de que mais amo...


Eva
Muito sentido... muito amado... Mesmo! Beijão *

amie disse...

quando uma coisa é bonita, não vale a pena acrescentar nada!Só dizer: que texto bonito!:)

Mitsou disse...

Beijocas de boa noite, Ana, e sonhos lindos :))

Tão só, um pai disse...

Bom dia, menina. Hoje não se acorda.

dam disse...

Descobri recentemente o teu blog e constato o que tenho perdido. É uma delícia a tua escrita...Fabulosa!

Mitsou disse...

Beijinho de boa noite, Ana. Até amanhã, linda :)

agua_quente disse...

O teu texto está perfeito para o lugar mágico que é a serra de Sintra. Bonitas as tuas palavras!
Beijos

Raquel V. disse...

Amie
Obrigada...


Dam
Fiquei sem palavras... Obrigada.


Agua_quente
Sintra inspira-nos... da Serra ao mar... Beijo.

Raquel V. disse...

.


Mi, Eva, JM, T e outros beijoqueiros matinais que me dão tanta alegria com as visitas, MIL beijinhos :*