novembro 20, 2005


41 comentários:

João Scottex disse...

lol!
Carga nisso!
Bjx

Su disse...

gostei deste post, bem gira a ideia

qto a desculpas, elas não existem, afinal não estamos aqui obrigados a respostas, a jinhos, a olás
só vamos onde queremos, qd pudemos e qd gostamos , pq a vida é complicada e cheia para todos nós

jocas maradas deste lado para esse sem necessidade de retribuições, mto menos de desculpas:)))
fica bem e descansa

Daniel Aladiah disse...

Querida Ana
Todos sentimos alguma vez esse cansaço, e tu já andas por aqui há uns tempinhos... Não precisas de pedir desculpa, basta saber que estás aí, sem mais...
Há destinos em actualização por todo lado...
Um beijo grande
Daniel

mfc disse...

Desculpas pede-as o culpado...
Aqui não há culpados, aqui há o prazer da visita e o saber que o outro está ali mesmo que o não vejamos.
Não te preocupes... sei que estás aí.
Um beijo grande.

mgbon disse...

Não leves ests coisas tão a sério. Afinal a net é só um hobby!...Não faz sentido pedir desculpas por não se postar ou comentar. A vida assim obriga por vezes. E isto aqui é mesmo giro é sem obrigações.

Eva Lima disse...

Desculpas?
Vamos qdo podemos, queremos e/ou nos dá na real gana...

1 beijo

Alexandre Sousa disse...

Ora aqui esta uma ideia a explorar. Parabéns.

Luís disse...

Serei visitante assíduo...
;-)

Manu disse...

Vis un peu pour toi petit P?Oublie les autres !
Il est temps que tu aies ta part de bonheur.

JMTeles da Silva disse...

Tás desculpada, sachas que fizetes mal. Eu cá sou acim. Nada de nha nha nhas. Mas nada de aprtares munto ca cóscienssia. Tulera-te.
Bjinhos.

matilde disse...

Raquel,

Desculpas evitam-se!
Não penses nisso, continua na tua linha de acção, mantem-te activa no alcance do teu objectivo!

Sê Feliz...

Mil Bjks da matilde

Angela disse...

Há tempos demais trabalho. Mas não há que pedir desculpa. Logo virão tempos mais calmos.

Daniel Aladiah disse...

A tentação dum grito de Ipiranga ficou sufocada pelo coração, que se sobrepõe à razão.
Beijo

Brigada anti-lexotan disse...

Não se preocupe com isso! Por quem sois! E não, não carece dizer por quem sois!
Descanse! Veja TV! Pode ser que assim o mundo fique de outra cor!

Å®t_Øf_£övë disse...

Raquel,
Dizes que hoje não há post!!!
Eu diria que há muito mais que um post, tal a riqueza do que aqui nos deixas. Estas tuas palavras descrevem de uma forma perfeita a forma como a maioria das pessoas que andam nestas coisas dos blogs se sentem em relação a eles.
Claro que nem preciso de dizer que eu também me incluo nesse rol.
Beijinhos.

wind disse...

Original post:) Acho que a maioria de nós não tem tempo para "visitas";) beijos

Nilson Barcelli disse...

Li. Não é fácil comentar o teu texto. Mas vou fazê-lo, pese embora os riscos que corro.
- Aceito a desculpa por uma questão de respeito. Mas ela era desnecessária.
- Visito quem me comenta por uma questão de educação. E porque isso me tem sido possível. Se fosse impossível explicaria no meu blogue. Não vejo qual é o erro de atitudes como esta. Qual é a alternativa? Comentar que não nos comenta?
- Se os autores pudessem falar com todos os seus leitores seria muito bom para eles. E alguns têm esse privilégio. E ficam contentes.
- Saber nunca é de mais.
- Não pode haver sentimento de culpa por não poder escrever, retribuir, etc. Eu não tenho.
- Retira o pisca-pisca do INSCREVE-TE. Faz-me mal aos olhos.

Beijinhos

Anna^ disse...

ESte post é no mínimo muito original.
Desculpas?...de quê? Só se fôr de não escreveres tão assiduamente para este rol de fãs ;)))

Bjokas e fica bem ":o)

Adryka disse...

Raquel minha querida, bom é saber que estás bem isso para mim é muito importante saber dos meus amigos. Beijinhos

gato_escaldado disse...

gostei do "efeito estético" do teu post. mas não sei se tens razão no que dizes. beijos

JOINCANTO disse...

Gostei.
Que se lixe a Blogosfera!

Alexandre Sousa disse...

Venho apenas despedir-me

Maria do Céu Costa disse...

Por vezes temos de fazer pequenas pausas como esta. Beijinhos.

Carmem L Vilanova disse...

Adorei o teu post e acho que o Nilson disse tudo de forma muito original também... assim que faço minhas as palavras dele... :o)
Beijos... muitos!

ernesto esteves disse...

Olá,
Tens aqui um blog muito engraçado... e este post está muito curtido.
Parabéns!

singularidade disse...

Olá! Teu cantinho é acolhedor.
Jinhos

Nilson Barcelli disse...

Só para te deixar um beijinho.
(já sei que vou apanhar...)

Thiago Forrest Gump disse...

É a roda da vida. ;)

um estranho disse...

Compreendo-te perfeitamente.
Tenho alturas assim.
Encosto à berma por uns dias. Faço isso em relação a tudo na vida.

E tal como tu, tambem lhes peço desculpa pela ausencia, pelo silencio.
Afinal, sao pessoas que me acompanham há meses e meses. Pessoas que me perguntam se estou bem, se me sinto bem, e me deixam um carinho diariamente.

Não, realmente nao temos um contrato de "postagem" diária mas temos uma coisa em comum Raquel: um feed back maravilhoso que merece a nossa justificação.
Ha, sem dúvida que sim.
um beijo enorme de admiração.

jgonçalves disse...

O que me dá imenso gozo é ler, escutar, ver, sem saber se sou observado.
Aquilo que escrevo, dá-me outro gozo do caraças, pese embora a boçalidade do muito que por aí espalho.
Preocupações quem as não tem e nestas andanças, fica e sabem bem as visitas dos amigos, a palavra de conforto ou de apreço, o comentário fugaz.
Queira a amiga Raquel usufruir do gozo que a escrita certamente lhe proporciona e queira privilegiar com a leitura dos seus escritos, mesmo os mais anónimos dos seus leitores.

Friedrich disse...

Se aqui há alguém que deva pedir desculpas sou eu, pela minha prolongada ausência de comentar e agradecer, tu sabes... Obrigado pelo pps que aliás, já arranjei forma de todos o poderem ver aqui, porque é uma lição a tirar, não amanhã, não agora, mas todos os dias.
http://ababushka.blogs.sapo.pt/ Acho que ando a ver televisão (videos) a mais...

BeijoS

Miguel de Terceleiros disse...

Sem ler os comentários...
Como eu te compreendo.
Tornaste isto muito palpável escvendo em "papel".
Beijo

Aromas Do Mar disse...

Olá :)

Cheguei aqui através de um blog que acaba de nascer e deliciei-me com o teu espaço, muito mesmo!

Quanto ao teu pedido de desculpas, compreendo-o, porque muitas vezes senti o mesmo..., mas depois pensei, a blogosfera tem que ser um prazer, quando passa a obrigação perde todo o encanto :)

Um beijo da mar revolto

Tatiana Valentina disse...

Mas nem tens que pedir desculpas, tens direito ao teu tempo, aos teus momentos e há alturas em temos que estabelecer outras prioridades !

Misty disse...

Gosto do aspecto do post. Tens sempre algo que confere originalidade aos post's.

Do conteúdo: Gosto do que dizes. De como o dizes. Entendo-o. Subscrevo-o.

Mas acrescento que, tal como a Aromas do Mar muito bem diz, quando algo que é suposto ser uma espécia de hobby, de escape, começa a evoluir para uma "quase-obrigação" diária, acho que chega a hora de "levantar" o pé e desacelerar...

Beijinhos.

TMara disse...

mtº bonito e pessoal o manuscrito, mas vimos/vamos, pq gostamos e quando podemos. voltamos qnd podemos...sentimos falta uns dos outros se a demora for grande, mas sem obrigação. Só gosto. Bom restinho de semana e bj de luz

luis manuel disse...

Original forma de expressão !

Uma pausa... e rebusco nas "papeladas" antigas, e que leio ?

Março 1, 2003
"E afinal o que é que vou fazer?
Completamente despropositado fazer da net o nosso post-it?"

Agosto 11, 2005
"(...) - Não, disse o principezinho. Eu procuro amigos. Que quer dizer "cativar"?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa "criar laços..."
- Criar laços?
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo...
- Começo a compreender, disse o principezinho. (...)"

Qual fuga ?
A Raquel está aqui, e continua!
Um abraço

Mitsou disse...

Querida Raquel, resumiste exemplarmente o que sentem muitos bloggers. Eu, por exemplo, que tanto tenho faltado às minhas "obrigações" bloguísticas...

Deixo-te um beijinho muito doce, mana, e obrigada pela foto ternurenta que me mandaste (que vai direitinha para o post de amanhã :)

AS disse...

Querida Raquel,
Todos sabemos que a escassez do tempo e a imensidão de problemas diários que sempre surgem, nos retiram espaço para nos "falarmos".
Mas o importante é saber que estamos, que estás, que nos sentimos como se estivessemos!...
Por isso, as desculpas que com grande elevação apresentas, também e na mesma medida, nos inculpam...

Um beijo grande

Menina_marota disse...

Querida Raquel e aqui estou eu a entender cada palvra tua, nessa letrinha tão bela e tão pessoal!
Adorei este Post, porque é assim que me sinto, de cada vez que, apesar de conseguir actualizar os meus Blogues, não visito quem gosto de visitar!
E, depois é uma correria de casa em casa, entro numa e saio a correr para outra que vi ali ao lado e não tinha visitado!

Bem... mas é esta ânsia de comunicação, de leitura, de olhar "olhos" nos "olhos" os textos deixados, que eu adoro!!

Um abraço carinhoso e estás desculpada!! eheh

Bom feriado ;)

Poesia Portuguesa disse...

A Menina Marota chamou-me para ler-te e, concordo com tudo que ela te disse ;)

Abraço carinhoso e bom feriado ;)