maio 19, 2005

why.not.thoughts
Entre o faz de conta e a realidade, por vezes existe uma ténue distância. E sem querer não medimos essa distância nem as consequências. E subitamente deixamos de fazer de conta e tudo aquilo que somos se mistura, e vem ao de cima, acordando-nos e perguntando-nos qual é o nosso poder de encaixe. Porque é tão fácil vestir uma outra pele que também é nossa, que guardámos ciosamente de nós mesmos, e subitamente descobrimos estar a vesti-la em frente ao mundo inteiro, e é precisamente isso que nos deixa nus... assustados.

20 comentários:

Tão só, um pai disse...

Bom dia. Tens razão. Não medimos as consequências. Quando nos apercebemos do que elas podem ser, assustamo-nos.
Beijinho.

Raquel V. disse...

Pois...

Mitsou disse...

Bom dia, querida Raquel. Sem ser original (nada mesmo!) "A vida é um palco"...E, tal como acontece com os actores profissionais, por vezes não conseguimos despir o personagem. Beijinho muio doce, Amiga!

JMTeles da Silva disse...

'morning Rachel.
Não entendi patavina mas isso é porque sou burro. Não te procupes.
Beijinhos e abafa-te bem que o tempo ainda vai frescote. Essa coisa de andares nua não te faz nada bem concerteza. Si cuida, viu?:)))

Raquel V. disse...

Mi, querida Mi, como aplicas uma frase mesmo a propósito...
Jinho doce para ti também...


JMT,
mau... mau...
mas e n é q eu ecrevo umas frasezitas e "bomeçês" atentam ou é na altura ou é numa palavrita ali desprotegida... lolololol
Se um dia escrevo algo... mais qq coisa... e tal... imagino o tamanho dos comentários!

AS disse...

Por fora, a máscara quebrando os dias. Por dentro, a máscara dos dias quebrando tudo...

Um beijo

Eva Lima disse...

...somos aquilo que somos e...aquilo que queremos ser.
O coração, onde pára ele?
XI coração

concha disse...

Tenho imenso medo disso.
De um dia deixar de perceber o limite.
O fim da ilusão é um fim tremendo.

MAS disse...

Olá! :)
Sim... realmente, tens razão!

Uma máscara ou camuflagem proteje sempre os olhares dos outros,...
Ou não...

E quando nos apercebemos do não há nossa frente,...
Já todos o conheciam...

Beijinhos!

Raquel V. disse...

Frog,
Tu e a Mi vão sempre ao cerne da questão, com uma forma de pensar parecida... Um beijo também


Eva,
Por vezes não nos apercebemos que vamos aprendendo a ter outras facetas, umas boas outras más...
um XI coração para ti também :*


Concha,
quase todos conseguimos suportar o impacto... seguir em frente será outra história. Os anos encarregam-se de ir desmaiando os tons de algumas realidades e os limites vão mudando... Beijo


Palavras Soltas,
ora aqui está uma verdade devastadora em determinadas situações.
Quando nos descobrem fragilidades, paciência. Mas quantas vezes vejo fanfarrões ou cobardes, que fingem ser o oposto... Não consigo deixar de os olhar com alguma ironia. Beijinhos

Mitsou disse...

Raquel!!!!! Cheguei agora, linda. Andei na galderice, como diz o Eduardo. Vou comer qq coisita e depois falamos, ok? Inté :))

amie disse...

o problema é quando já não sabes qual a tua verdadeira pele!:)
beijinhos, bom fim de semana!

RC disse...

A nudez perante os outros não é um problema porque o outro nunca faz mais do que interpretar-nos, por muito íntimos que sejamos. O verdadeiro problema é a nudez de nós próprios quando descobrimos que, às vezes, nem pele temos.

Beijinhos

(Gostei muito da forma como fazes de cada post uma obra visual única)

Mitsou disse...

Beijoquinha de boa noite, Raquel. Dorme bem e acorda amanhã com um sorriso, ok? :))

Tão só, um pai disse...

Beijinhos de bom dia. Que preguicite tens tu hoje ... vá, veste a pele de quem acorda ... ou melhor, veste-te e vem ver o sol ...

JMTeles da Silva disse...

Raquel, vim aqui desejar-te um bom fim de semana. Beijinhos e não penses muito, não? Descansa! :)))

Ponypop disse...

Nem sempre vestir uma mascará é sinónimo de falsidade, existem muitos tipos de peles ao longo da nossa vida... umas impedem-nos de seremos magoados outras impedem de magoarmos.

Se mudamos de pele perante situações diferentes, empenhamos uma nova mascára e desempenhamos outro papel, nem sempre é porque que não gostamos de quem somos, talves na maioria das vezes tenhamos é receio de ficar mais fracos se não o fizermos.

Raquel V. disse...

Amie,
perdemo-nos entre as várias e sendo todas nossas, no entanto, umas são mais e outras menos...
beijinho e bom fdsemana também :*


Rodrigues Cunha,
um ponto de vista interessante, muito até... Beijinho


JMTeles da Silva,
:))


Ponypop,
que bom! Uma visita escrita primeira vez :)
A máscara... foi irresistível sentires que te sucede?
Protecção... sim, quantas vezes... demasiadas. e n somos piores ou melhores, é verdade...
Beijinho grande :*


T,
sempre preguiçosa, até na escolha da pele...

H. disse...

sem palavras. abano a cabeça em sinal de confirmação.
as coisas confundem-se demasiado por x's...

Raquel V. disse...

Lost,
demasiado... por vezes demasiado...